31 de jan de 2011

Implore por mim ;

Se me visse agora cairia aos meus pé.
Imploraria por uma saída.
Eu sou a sua unica salvação e não estou nem um pouco afim de te ajudar.
Vou deixar com que caia, com que sangre.
Não se lamente você também não quis me ajudar.
Você gostava de brincar comigo e eu nunca entendi.
Mas agora eu sou sua unica salvação.
Estou pensando em ti essa noite, se talvez eu vá te ajudar.
Não vou te deixar sair, não vou te deixar fugir.
Você vai ficar preso aqui.
Vou assistir você se torturar, Vou rir de todas as vezes que você fraquejar.
Porque eu sou a sua unica saida e não estou nem um pouco afim de te ajudar.

2 comentários: