18 de nov de 2010

Uma forma maluca para se apaixonar (L)

(Bom, esse texto eu escrevi como música e tal, mais como não sou bom cantor, tentei fazer virar um texto legal)

Vou vivendo, me questionando se realmente vale a pena surtar, se tenho porque me desesperar?
Vou vivendo nessa maneira maluca, confusa, de quem não sabe amar, nesse mundinha fechado, meio retardado, não consigo esperar;
Eu te quero comigo de novo, sem ligar pra língua do povo, do que vão falar...
Vão vivendo falando, julgando, como fosse mudar, essa maneira maluca, confusa, de quem não sabe amar, nesse mundinho fechado, meio retardado, desisti de esperar;
Vou vivendo tranquilo até sem meu ombro amigo, sem me desesperar;
Vou vivendo inconciente, as vezes descontente, eita maneira inconsequente, mais sem me lamentar;
Quem saiba assim eu possa me apaixonar, e essa maneira maluca, confusa, até que pode funcionar (L) ;

Nenhum comentário:

Postar um comentário